A obra de uma grande equipa europeia nas suas mãos.

O desenvolvimento integral dos nossos produtos permite-nos estabelecer padrões de qualidade próprios e extremamente exigentes em relação a cada um dos nossos produtos.

Desenhamos.

Uma equipa transversal, de mais de 100 engenheiros europeus, trabalha em cada fase de criação dos nossos produtos. Desde o design artístico, que surge com os primeiros esboços, até às fases de design industrial e mecânico, passando também pelas fases de seleção dos componentes de hardware ou de desenvolvimento do software e, finalmente, produção e posterior controlo de qualidade de cada dispositivo.

Desenhamos.

Uma equipa transversal, de mais de 100 engenheiros europeus, trabalha em cada fase de criação dos nossos produtos. Desde o design artístico, que surge com os primeiros esboços, até às fases de design industrial e mecânico, passando também pelas fases de seleção dos componentes de hardware ou de desenvolvimento do software e, finalmente, produção e posterior controlo de qualidade de cada dispositivo.

Desenhamos.

Uma equipa transversal, de mais de 100 engenheiros europeus, trabalha em cada fase de criação dos nossos produtos. Desde o design artístico, que surge com os primeiros esboços, até às fases de design industrial e mecânico, passando também pelas fases de seleção dos componentes de hardware ou de desenvolvimento do software e, finalmente, produção e posterior controlo de qualidade de cada dispositivo.

Desenhamos.

Uma equipa transversal, de mais de 100 engenheiros europeus, trabalha em cada fase de criação dos nossos produtos. Desde o design artístico, que surge com os primeiros esboços, até às fases de design industrial e mecânico, passando também pelas fases de seleção dos componentes de hardware ou de desenvolvimento do software e, finalmente, produção e posterior controlo de qualidade de cada dispositivo.

Desenhamos.

Uma equipa transversal, de mais de 100 engenheiros europeus, trabalha em cada fase de criação dos nossos produtos. Desde o design artístico, que surge com os primeiros esboços, até às fases de design industrial e mecânico, passando também pelas fases de seleção dos componentes de hardware ou de desenvolvimento do software e, finalmente, produção e posterior controlo de qualidade de cada dispositivo.

Produzimos.

Apostamos pela produção na Europa. Contamos com a nossa própria fábrica em Navarra, na qual montamos as nossas impressoras e o nosso digitalizador 3D e onde temos, também, um centro de produção de filamento para impressão 3D, em Huesca. Fabricamos o Zowi, o nosso primeiro brinquedo inteligente, na Polónia. O nosso objetivo é fazer com que todos os dispositivos que contem com um ecossistema industrial que nos permita fabricá-los na Europa sejam, de facto, produzidos aqui. Sabemos que este é o caminho para encabeçarmos as exportações de produtos de qualidade.

Produzimos.

Apostamos pela produção na Europa. Contamos com a nossa própria fábrica em Navarra, na qual montamos as nossas impressoras e o nosso digitalizador 3D e onde temos, também, um centro de produção de filamento para impressão 3D, em Huesca. Fabricamos o Zowi, o nosso primeiro brinquedo inteligente, na Polónia. O nosso objetivo é fazer com que todos os dispositivos que contem com um ecossistema industrial que nos permita fabricá-los na Europa sejam, de facto, produzidos aqui. Sabemos que este é o caminho para encabeçarmos as exportações de produtos de qualidade.

Rumo à construção de um ecossistema BQ.

Listado

  • 2011

    Desenvolvimento de software.

    Um dos nossos primeiros passos como empresa foi desenvolver, a partir do zero, o software para plataformas de leitura digital. Isto, tanto para os dispositivos de leitura da Fnac ou da Casa del Libro, como para o nosso e-reader Cervantes. Desta forma, construímos o primeiro pilar da nossa empresa: o software.

  • 2013

    Um ponto de inflexão.

    Começámos a trabalhar no Aquaris E, o nosso primeiro smartphone desenhado e desenvolvido por nós a 100%. Poucos meses depois, o Aquaris E5 já era o smartphone livre mais vendido em Espanha. A partir desse momento, começámos a desenhar todos os nossos produtos.

Listado

  • 2014

    Produção na Europa.

    Abrimos a nossa própria fábrica em Navarra para a produção de impressoras 3D. Finalmente, levantámos o terceiro pilar da empresa após o design e o software: o nosso próprio hardware. Este ano, também lançámos ao mercado a Witbox, o nosso primeiro produto não só desenhado mas também fabricado na Europa.

  • 2015

    Ecossistema 100% europeu.

    Continuamos a dar passos para alcançar o nosso objetivo: criar ecossistemas 100% europeus. Com o nosso robot educativo, o Zowi, conseguimos alcançá-lo. Foi desenhado em Espanha, as suas peças mecânicas fabricam-se na Polónia e os componentes eletrónicos em Valência. Para além disso, tanto a app como o Bitbloq, são produto do nosso próprio desenvolvimento.